02/10/2017 16:07:30
Séries
Séries documentais estreiam no canal de TV por assinatura GNT
Da Redação do Alagoas Boreal

Em outubro, duas séries documentais estreiam no canal de TV por assinatura GNT, sob o comando de diretores consagrados. São elas: “Liberdade de Gênero”, que volta à emissora, com direção de João Jardim, apresentando novos personagens e histórias fortes sobre o universo trans, e a inédita “Eu, Adolescente”, dirigida pelo premiado Roberto Berliner, abordando o dia a dia da garotada nos dias de hoje, e dos adultos que os cercam.

Sempre focando temas atuais, as duas atrações irão a ar semanalmente, a partir desta segunda-feira (2), às 22h30 e 23h, respectivamente.
“Com histórias inspiradoras de força e superação, a nova temporada de ‘Liberdade de Gênero’ traz para o debate questões relevantes à inserção de pessoas trans no âmbito social”, afirma a comunicação do GNT, informando sobre os “depoimentos comoventes e corajosos” que compõem o programa. “A série busca mostrar que é possível, sim, ter uma vida de inclusão”, afirma a produção de “Liberdade de Gênero”.

Homem trans, Erik, de 37 anos, é um dos personagens reais da série documental 'Liberdade de Gênero'

Por sua vez, “Eu, Adolescente” apresenta “um mosaico de assuntos que caracterizam a vida dos adolescentes nos dias de hoje, sob o ponto de vista dos mais diversos perfis de jovens”.

“Ao longo do programa, temas como sexualidade, racismo, bullying, vida online, preconceito, religião, são mostrados a partir das experiências pessoais de cada personagem”, destaca o informativo do GNT enviado à Redação.

O diretor João Jardim já havia produzido outras séries para o GNT, como “Amores livres”, “Novas Famílias”, “Compulsão” e “Família é Família”, sempre focando pessoas e relações que, segundo o diretor, “fogem das composições tradicionais”.

“O cineasta Roberto Berliner também já é de casa. Responsável pelas duas temporadas de ‘Histórias de Adoção’, ele provoca reflexões sobre desigualdades sociais e suas consequências, mas, sobretudo, sobre amor, formação de laços afetivos e família”, destaca o press-release da emissora.