25/03/2017 14:48:34
Márcia Brayner - Agora 50
Como fazer entender que a leitura é emocionante?
Crédito: Fotos/ Márcia BraynerEm época de Facebook, jovens tornam-se “consumidores instantâneos” de informação.
Márcia Brayner

Um dilema que tenho vivido todos os dias e fico estressada: a pouca vontade que minha filha mais nova tem pela leitura!

Em época de Facebook, Instagram, Whatapp, Snapchat e tantas outras redes sociais, os jovens tornaram-se “consumidores instantâneos” de informação. Adolescentes e crianças passam horas na frente de seus computadores, tablets ou smartphones e ficam meses sem abrir um livro sequer, exceto aqueles que são obrigados a lerem para a escola e mesmo assim é uma dificuldade! Você que foi criada com leitura, que adora um bom enredo, uma boa história, não aceita essa rejeição e se apavora. Não se preocupe, nunca é tarde para torná-lo consciente de que o amor, humor, aventura, paixão, intriga, ficção científica, também são encontrados nas “entrelinhas”. Aqui estão algumas dicas práticas para os pais desiludidos.

Que ele leia o que ele quer

Não force a leitura de livros que você amou ou que você acha que são importantes. Seus gostos não são necessariamente os dele. O importante é que ele encontre a paixão pela leitura e o desejo de ler. Revista em quadrinhos, romance, biografia, seja qual for. Já é um começo.

Não o force a ler

Ele adora aventura? Encontre pequenos livros que narrem os aventureiros que cruzaram o planeta, navegaram os oceanos, escalaram montanhas e viajaram pelo mundo de bicicleta. Sua filha é louca por moda? Fácil encontrar romances que retratam a vida de heroínas e meninas do mundo fashion. Seu filho prefere o esporte? Ofereça-lhe a biografia de seu jogador de futebol amado! Ele ama música? Idem, corramos a comprar os livros sobre suas bandas favoritas.

Encontre livros adequados à sua idade

Evite livros de 600 páginas para quem já faz beicinho com 30. Comece por revistas, periódicos. Quem tal fazer uma assinatura de revistas para a idade de seu filho?

Por que não combinar a tecnologia com a leitura?

Mesmo depois de todas as dicas ele não quer largar o tablet? Bom, deixe-o descobrir o mundo dos e-books!

Boa sorte!

Conheça meu blog, www.agora50.com.br. Tenho certeza que você vai se identificar com muitos dos meus artigos. Te espero lá...