07/06/2018 16:40:10
Diversão e Arte
Edição 2018 do Festival Varilux de Cinema Francês traz lançamentos de diretores consagrados e da nova geração
Crédito: Fotos/ Divulgação'A Excêntrica Família de Gaspard', de Antony Cordier, é uma comédia sobre o adeus à infância
Da Redação do Alagoas Boreal

Em Maceió, a edição 2018 do Festival Varilux de Cinema Francês, em cartaz a partir desta quinta-feira (7) no Centro Cultural Arte Pajuçara e no Cinesystem do shopping Parque, apresenta uma seleção de novas produções francesas, destacando diretores e atores consagrados, assim como também os novos talentos que estão sendo chamados pela crítica especializada de nouvelle guarde. A mostra segue nos dois cinemas até o dia 20.

De acordo com a comunicação da escola de língua e cultura francesas, a Aliança Francesa, responsável pelo Festival Varilux, entre as produções que estreiam nesses dois cinemas em Maceió, destacam-se três filmes da nova geração de cineastas: ‘Custódia’ (Jusqu’à la Garde), de Xavier Legrand, que acompanha a disputa entre um casal pela guarda do filho (vencedor do prêmio de “melhor direção” e “melhor primeiro filme” no Festival de Veneza); “A Excêntrica Família de Gaspard” (Gaspard va au Marriage), de Antony Cordier, "comédia maluca e melancólica" sobre o adeus à infância, desejo e tempo; “Diane” (Diane a les Épaules), de Fabien Gorgeart, em que uma mulher concorda em gerar o filho de um casal de amigos homossexuais, abordando com humor e ternura a temática dos novos modelos familiares.

'O Amante Duplo', filme de François Ozon, será exibido no sábado (9), às 20h30, no cine Arte Pajuçara

“Também obras de jovens cineastas, dois filmes de gênero pouco comuns na França, tem como cenário uma Paris pós-cataclismo”, informam os organizadores da mostra. “Ao mesmo tempo, uma sátira social e um filme de zumbis, a longa de Dominique Rocher ‘A Noite devorou o Mundo’ (La Nuit a dévoré le Monde) mostra a cidade invadida pelas criaturas, com um único ser humano tentando sobreviver. Na mesma veia, ‘O Último Suspiro’ (Dans la Brume), do quebequense Daniel Roby, mostra uma família tentando se salvar após uma contaminação química, com Romain Duris no papel principal.”

Acompanhe a programação dos filmes no site do festival.