06/04/2018 11:43:36
Brasil/ Mundo
'Quase Memória' é o novo filme do mestre do cinema Ruy Guerra
Crédito: Fotos/ DivulgaçãoJoão Miguel e Mariana Ximenes no filme do gênio do cinema brasileiro, Ruy Guerra
Da Redação do Alagoas Boreal

Com Tony Ramos, João Miguel, Charles Fricks, Antonio Pedro e Mariana Ximenes no elenco, o novo filme de Ruy Guerra, "Quase Memória", chega aos cinemas no dia 19 de abril. Baseado no best-seller do jornalista e escritor Carlos Heitor Cony, a “dramédia” – como a produção está divulgando o filme – é inspirada nas histórias vividas pelo pai de Cony, segundo o informativo enviado à Redação – “um homem que acreditava em tudo o que fazia e convencia todos a sua volta que era tudo verdade”.

Em vídeo inédito, o ator João Miguel, que dá vida ao pai de Cony, fala sobre o prazer de trabalhar ao lado desse gênio do cinema nacional, realizador de grandes obras como “Os Cafajestes” (1962), “Os Fuzis” (1964), “A Queda” (1976), “Erêndira” (1983), “Kuarup” (1989) e “Casa de Areia” (2005), entre muitos outros filmaços.

“O Ruy é um diretor desses que não para de procurar”, atesta João Miguel. “Uma honra trabalhar com um homem desse, de cinema, perseguidor das imagens, construtor, pintor. O ator dentro de um filme do Ruy é um quadro, uma pintura.”

VEJA AQUI O MAKING OF DE 'QUASE MEMÓRIA'
Tony Ramos (à direita) vive o escritor Carlos Heitor Cony no filme de Ruy Guerra

A trama se inicia quando o jovem Carlos (Charles Fricks) recebe um pacote. O que parece ser uma situação comum na vida de um jornalista – receber uma encomenda – soa estranho para o jovem. O nó que amarra o embrulho, o cheiro, a letra do envelope: tudo remete ao pai de Carlos, Ernesto (João Miguel), morto há anos. Enquanto decide se abre ou não a remessa, Carlos reconstrói as melhores memórias ao lado do pai enquanto conversa com ele mesmo no futuro, o Carlos mais velho, interpretado por Tony Ramos.

João Miguel dá vida a Ernesto, pai de Cony, enquanto Charles Fricks e Tony Ramos vivem Carlos jovem e maduro, respectivamente. Mariana Ximenes é Maria, primeira mulher de Ernesto e mãe de Cony; Ana Kutner é Sônia (segunda mulher de Ernesto) e Antonio Pedro faz o Capitão Giordano.

Com distribuição da Pandora Filmes, "Quase Memória" é uma produção de Janaina Diniz Guerra, da Kinossaurus Filmes, e dos produtores associados J. Sanz Produção Audiovisual, Zaga Filmes e Tacacá Filmes. A coprodução é da Globo Filmes, com patrocínio do BNDES, FSA, Petrobras, Eletrobras, Riofilme, Oi Futuro e Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro.