01/03/2018 11:31:17
Cultura
'Chorões de Maceió' fazem estreia da temporada 2018 do projeto 'Concerto aos Domingos', no Ihgal
Crédito: Fotos/ DivulgaçãoPrestigiado chorão, Wellington Pinheiro, participa do concerto de abertura
Da Redação do Alagoas Boreal

No domingo (4), às 10h, o grupo Chorões de Maceió faz uma homenagem aos 170 anos da pioneira do chorinho Chiquinha Gonzaga e aos cem anos de outro mestre da música instrumental brasileira, o carioca Jacob do Bandolim. O espetáculo matinal abre a temporada 2018 do “Concerto aos Domingos”. A 17a edição do projeto, realizado no primeiro domingo do mês, acontece no espaço de sempre, o salão nobre do Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas (o Ihgal) à Rua do Sol, 382, centro da capital. A entrada é franca, sendo 50 lugares reservados a alunos e professores das redes pública e particular do Estado.

O consagrado Chorões de Maceió é composto por alguns músicos batutas da capital: Wellington Pinheiro, Zailton Sarmento, Francisco Moura, Siqueira Lima, Mikla Waltari e Ely Rodrigues. O repertório contempla composições nacionais obras da música clássica, além de composições alagoanas, demonstrando a vocação erudita de nossos instrumentistas.

Pianista virtuose, Selma Britto, é organizadora e iniciadora do projeto que, este ano, chega à 17a  edição

O “Concerto aos Domingos” é um projeto dirigido pela pianista e sócia efetiva do Ihgal, Selma Britto – homenageada este ano pela Orquestra Sinfônica de Alagoas em uma série musical programada para o Teatro Deodoro. A estreia do projeto em 5 de agosto de 2001 teve forte resistência e pessimismo por parte de colegas de Selma, que se inspirou nos “Concertos para a Juventude”, realizado na capital fluminense.