09/02/2018 16:52:29
Maceió
Escolas trazem de volta à avenida o samba maceioense em grandes enredos
Crédito: Fotos/ Prefeitura de Maceió/ Alagoas Boreal13 de Maio foi fundada em 1970, como um grupo de maracatu
Paulo César Moreira

Em Maceió, no sábado de Zé Pereira (10), acontece o “Desfile das Escolas de Samba”. O local escolhido para a principal festa durante o Carnaval na cidade é a Rua Fechada, ou seja, a avenida Sílvio Carlos Viana, na orla de Sete Coqueiros. A concentração está programada para as 19h e o início dos desfiles é as 20h30. A ordem de apresentação das escolas é a seguinte: Arco-íris, Treze de Maio, Girassol, Unidos do Poço, Gaviões da Pajuçara e Jangadeiros.

O presidente da Liga das Escolas de Samba e diretor da Gaviões da Pajuçara, José Hilton, o Prego, explica que, durante o desfile, serão analisados itens como “mestre-sala e porta-bandeira, bateria, comissão de frente, alegorias e samba enredo”, antes de se chegar à escola vencedora. “A comissão deve contar com quatro ou cinco pessoas, uma para cada categoria. Eles avaliam a bateria, a dança da porta-bandeira e do mestre-sala, a evolução deles, assim como da comissão de frente, além das alegorias, que são os carros alegóricos e fantasias.”

Gaviões da Pajuçara vai à avenida este ano com o tema 'Eduardo Canuto na Festa da Coroação'

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos do Poço é a escola mais antiga da capital, fundada em 1955, sendo 29 vezes campeã do carnaval maceioense. Com a morte em 2007 da carnavalesca Célia Xuxu, então presidenta da agremiação, a Unidos do Poço se manteve inativa até 2010. Retornou em 2011, com o enredo “O Samba ao Tango Você encanta a Avenida, exaltando a Folia de Rua, a Beleza artística, Suntuosidade dos antigos Salões”.

A jovem, mas vigorosa, Gaviões da Pajuçara, com 11 anos de títulos, este ano vai à avenida com o enredo “Eduardo Canuto na Festa da Coroação”. Em 2018 completa 18 anos de existência. A escola que nasceu de um desafio feito a esse decano do Samba, o senhor Prego, por um ouvinte que o acompanhava em um programa de rádio, na ocasião divulgando um bloco carnavalesco que organizava.

Outra campeã de carnavais é a Girassol. Conta a história que a escola, criada em 1972, nasceu de uma charanga de time de futebol que tocava somente samba. Premiado num programa de TV, o grupo acabou virando a Escola de Samba Girassol. O samba-enredo escolhido deste ano é “Alagoanos Universais, Nise da Silveira, Jorge de Lima e Ledo Ivo”. O 1º presidente da escola foi Edilson dos Santos, hoje quem ocupa a presidência da agremiação é Raimundo Nonato – todos estes bambas do Vergel do Lago. Em 2000, eles conquistaram o título com o enredo sobre Carmem Miranda, intitulado "A Trajetória de uma exuberante Portuguesa".

Escola de samba Arco-Íris escolheu para o desfile deste ano o samba-enredo 'Jacintinho lugar de Gente feliz'

Em 2006, sagrou-se campeã do carnaval maceioense, com o enredo "Um Gigante numa Terra carente de Saúde e Educação", numa apuração bastante acirrada. Após um empate no número de pontos com a Gaviões da Pajuçara, a Girassol foi declarada campeã pelo somatório das melhores notas. Venceu novamente o Carnaval de 2011, ao abordar o tema “A Influência da Cultura negra no Brasil”.

A origem das escolas de samba em Maceió está, na maioria dos casos, atrelada a casos curiosos. A exemplo da escola Treze de Maio, que surgiu na década de 1970 como um grupo de maracatu, que deu origem primeiramente a um time de futebol. Depois o time se tornou agremiação carnavalesca. O nome Treze de Maio é a data de fundação da escola.

Jangadeiros é a sexta escola de samba que vai à avenida no sábado

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Jangadeiros, criado em 1989, surgiu da iniciativa de pescadores da Colônia Z1, participando inicialmente no período carnavalesco de desfile pelas ruas da cidade, fazendo também apresentações em eventos. A escola faz um trabalho social com oficinas de costura e artesanato.

Já o Grêmio Recreativo Escola de Samba Arco-Íris, fundada em 1989, sagrou-se campeã somente em uma oportunidade, em 1999. Vai à avenida, no sábado, com o enredo "Jacintinho lugar de Gente feliz".