02/02/2018 16:10:09
Maceió
Instituições de ensino e Secretaria Municipal de Saúde regulamentam práticas acadêmicas
Crédito: Divulgação/ Ascom/ SMSJosé Thomaz Nonô e Valéria Correia assinam termo de parceria
Da Redação do Alagoas Boreal

Em Maceió, instituições de ensino assinaram na quinta-feira (1o), através de edital de seleção, um convênio com a Secretaria Municipal de Sáude (SMS), para regulamentar o desenvolvimento das práticas acadêmicas. A solenidade de assinatura aconteceu no auditório da secretaria, e estiveram representadas todas as universidades e escolas técnicas habilitadas, entre elas a Universidade Federal de Alagoas (a Ufal), e o Instituto Federal de Alagoas (Ifal).

De acordo com press-release enviado à Redação do Alagoas Boreal, a comunicação da Ufal afirma que a parceria tem como objetivo “conceder campos para o desenvolvimento das práticas acadêmicas aos estudantes”.

O secretário da pasta, José Thomáz Nonô, disse que a iniciativa estimula “o aprendizado e o contato com os pacientes atendidos pelo serviço público”. “Além de ampliar o conhecimento para os alunos e proporcionar avanços no atendimento. A universidade pode ter um ensino de excelência, mas muitas vezes não oferece essa prática real que se faz necessária ao aluno. O estudante precisa dessa vivência diária com o público real. É difícil para qualquer instituição de ensino ter seu próprio hospital, daí a importância dessa parceria. Além disso, os alunos têm um diferencial pelo vigor, ímpeto e disposição para trabalhar, têm gás, querem aprender e isso só traz ganhos para a população", enfatizou o secretário.”

A reitora da Ufal, Valéria Correia, explicou a importância da ampliação da atenção básica e da estratégia de saúde da família, que atende a população mais vulnerável. “O convênio firmado representa mais integração para a oferta de serviços de saúde. É um prazer estar aqui com demais reitores e demonstrar a nossa satisfação em fazer parte. É muito importante integrar as práticas acadêmicas e os serviços, compartilhar a experiência e fortalecer a saúde pública em Maceió", destacou a gestora.

Primeiro curso da área de saúde foi implantado este ano no Ifal

O reitor do Instituto Federal de Alagoas, Sérgio Teixeira, informou que a instituição implantou este ano o primeiro curso na área de saúde e apoia a relação da academia com o mercado de trabalho. "Vivemos um novo momento onde se quebram paradigmas. Defendemos essa ideia porque não estamos formando o aluno para nós e sim para a sociedade. Só temos a agradecer a parceria da Secretaria Municipal de Saúde que nos abre as portas, de forma democrática e consciente."

Em 2017, foram beneficiados 1.600 alunos com convênios firmados, e, este ano, a estimativa é que cinco mil alunos sejam atendidos com as práticas, entre residências, estágios, visitas técnicas e aulas práticas.

Assinaram também o convênio, representantes do Centro Técnico de Saúde Santa Bárbara, Centro Universitário Tiradentes (Unit), Serviço Nacional de Aprendizagem (Senac), Sociedade do Ensino Universitário do Nordeste (Seune), Centro Universitário Cesmac, Escola Técnica Residência Saúde, Faculdade Estácio de Alagoas, Universidade Paulista, Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) e Fundação Alagoana de Pesquisa, Educação e Cultura (FAT).