09/01/2018 16:53:31
Brasil/ Mundo
'A Ceia', de Nilton Resende, é publicado pela revista digital francesa D-Fiction
Crédito: Ilustração/ Arthur Buendia'Escrevo sobre tudo que remeta ao humano, pois é o que entendemos', afirma Resende
Paulo César Moreira

O escritor e professor de literatura Nilton Resende acaba de ser publicado pela revista francesa digital, D-Fiction. O conto "A Ceia", traduzido pelo agente literário Stéphane Chao, integra foi postado nessa segunda-feira (8), sob o título "Le Repas", acompanhado de ilustrações do artista visual, e também escritor, Arthur Buendía. Veja a edição da revista aqui.

Reconhecida no meio literário por uma curadoria voltada, basicamente, a textos contemporâneos, apesar de ser francófona – ou seja, voltada principalmente para obras em língua francesa –, é aberta, também, a escritores e escritoras de diferentes nacionalidades. É a segunda revista estrangeira a publicar o conto, cuja narrativa apresenta um jogo de perversidade e poder entre um menino e o avô. "A Ceia" já havia sido publicado em espanhol na primeira edição da Machado de Assis Magazine, apresentada na Feira do Livro de Frankfurt, na Alemanha, em 2012, com tradução do uruguaio Pablo Cardellino Soto.

Fotos/ Jorge Barboza
'Seja a perversidade, sejam as carencias e os desejos, as relações místicas, nós humanos somos variados', justifica o escritor

Nilton Resende conta à reportagem do Alagoas Boreal que conheceu Stéphane Chao na Festa Literária Internacional de Paraty (a Flip), no Estado do Rio, em 2004. "No ano passado, reencontrei-o e quando voltei para Maceió, mantivemos contato. Então o contratei para traduzir o conto. Após traduzi-lo, ele viu a possibilidade de entrar em alguma revista e a D-Fiction aceitou publicá-lo."

“A Ceia” abre o livro de contos "Diabolô", publicado pela Editora da Universidade Federal de Alagoas (a Edufal) depois que venceu o prêmio Lego de Literatura em 2009. Outro texto do mesmo livro, “A Fresta”, já havia sido publicado em uma revista internacional, a Litro Magazine, distribuída no metrô londrino. A tradução é da australiana Alison Entrekin.

'Amores ébrios' foi apresentado em dezembro, em Maceió, numa noite concorrida do bar e espaço de shows Rex Jazz

Resende integra a performance "Amores ébrios", criada em 2008 em conjunto com os poetas Bruno Ribeiro, Brisa Paim, Igor Machado e Milton Rosendo. Uma segunda temporada aconteceu em 2009 e em dezembro passado, novas apresentações foram feitas em Maceió, no Quintal Cultural e no bar Rex Jazz. Depois de vencer o Edital das Artes Eris Maximiano do ano de 2016, a obra ganhou nova edição em livro, acompanhada de CD com a declamação dos autores. Encontre-os no site aqui.