04/01/2018 13:48:47
Maceió
Festival Carambola acontece com seis bandas locais, uma pernambucana e cinco DJs
Crédito: Foto/ Divulgação/ Flávia Correiabanda Gato Zarolho lança segundo álbum no primeiro semestre de 2018
Paulo César Moreira

No sábado (6) acontece em Maceió a segunda edição do festival Carambola, programado para iniciar às 16h, no bar e casa de shows Orakulo, localizado à rua Barão de Jaraguá, 717, bairro do Jaraguá. Esta edição do evento traz as bandas Gato Zarolho, Mopho, Temperado, Divina Supernova, Marinho, Bohos and Queens e a pernambucana Mombojô, além da participação dos DJs Nêga, Dau Pradines, Phellipe Wanderley, Lia LB e Carol Carão de São Paulo. Os ingressos já estão no segundo lote e custam R$ 40. Estão à venda nos sites www.festivalcarambola.com.br e sympla. Também serão vendidos na porta do evento.

A produtora Lili Buarque conta que a edição passada do festival foi no bar Rex Jazz, “com quatro bandas e um DJ”. “Ano passado lotamos o Rex e esse ano esperamos que o pessoal participe bastante também. Estamos com uma expectativa boa, teremos sete bandas e cinco DJs. Vai ser um evento bem maior, começando mais cedo, com foodtrucks, feirinha de artes, lounge, live painting [artistas pintando ao vivo]”.

Uma das atrações locais, a banda Gato Zarolho, com 13 anos de estrada participa pela primeira vez do evento. O grupo lançou o primeiro CD em 2009, o “Olho Nu fitando Átomo”. “Estamos nos preparando para lançar o segundo álbum este ano”, revela a cantora Anne Marques que integra a banda com Marcelo Marques (violão e voz), Bruno Ribeiro (baixo), Victor Peixoto (guitarra), Yuri Pappas (bateria), Bruno Brandão e Daniel Soares (percussão).

Anne conta que nas letras das canções prevalece a escrita do marido, Marcelo. “A composição das músicas dos dois álbuns, além do Marcelo, há a participação de vários poetas como a dos maceioenses Milton Rosendo, Tainan Costa e Tazio Zambi, do mineiro Ricardo Aleixo, do Reuben da Costa de São Paulo.”

Mopho participa pela segunda vez do evento, dessa vez incluindo as músicas do quarto álbum (Brejo) ao repertório

Outra atração comemorada que participa do evento é a decana Mopho. Lançando o quarto álbum no ano passado, pelo selo local Crooked Tree Records, o bem recebido “Brejo” trouxe músicas com uma pegada diferente dos primeiros álbuns do grupo, com letras maduras, intrigantes, além da maior participação do pianista Dinho Zampier na introdução de novos elementos musicais aos arranjos das canções.