10/10/2017 14:10:01
Diversão e Arte
Em Maceió, a trupe de palhaçaria Clowns de Quinta entra em cartaz no Cine Arte Pajuçara
Crédito: Nivaldo Vasconcelos/ DivulgaçãoRegistro da trupe em ação no palco
Paulo César Moreira

Em Maceió, os palhaços do grupo Clowns de Quinta entram em cartaz na quinta-feira (12), Dia das Crianças, com o espetáculo “Cenas clownssicas 3.0”, às 19h30. A trupe faz temporada durante o mês de outubro no Centro Cultural Arte Pajuçara, à avenida Doutor Antônio Gouveia, 1.113, orla da Pajuçara. Os ingressos custam R$ 30 e R$ 15, podendo ser adquiridos na bilheteria do teatro ou pelo site aqui. As apresentações, que seguem até o dia 29, ocorrerão sempre às quintas-feiras e sábados, no horário das 19h30, e aos domingos às 18h.

“Estamos com esse espetáculo desde 2013”, relembra a atriz Elaine Lima. “Foi o nosso projeto de pesquisa na área da palhaçaria, e ao longo dos anos ele vêm se desenvolvendo junto ao grupo.” Elaine, como os demais atores do grupo, formou-se no curso de Teatro da Universidade Federal de Alagoas (a Ufal).

Ilustração da palhaça 'Coxinha', integrante da trupe no espetáculo

O Clowns de Quinta fez este ano nove apresentações gratuitas para moradores de diferentes cidades do Agreste, além de representar o Estado em diferentes festivais nacionais, o mais recente no mês passado, na capital Recife (PE).

“Cenas clownssicas 3.0” faz homenagem ao circo de lona. “O espetáculo reprisa números clássicos do circo brasileiro”, diz Elaine Lima, explicando o título da encenação humorística.

A montagem tem direção coletiva e produção de Darlan Pinho, contando com um elenco de quatro palhaços: Coxinha (Nathaly Pereira), Freela Nutela (Elaine Lima), Salsichinha (Wanderlândia Melo) e Noris Jacinto (David Oliveira). Acompanhados da banda Gigante, envolvem-vem em muitas trapalhadas de tom nostálgico que remetem aos antigos circos de lona.

Ilustração da palhaça 'Salcichinha' componete do espetáculo 'Cenas Clownssicas'

"É uma felicidade estar de volta com este espetáculo. A gente estudou, amadureceu as cenas e retorna agora no mês das crianças com a versão 3.0. É diversão para toda a família", defende o diretor e ator David Oliveira.